Sair do consumo do material convencional já pronto no mercado e produzir seu próprio caderno personalizado com recortes e colagens. Trabalhar em processos criativos desde a sua “organização para a organização”, fazendo seu próprio caderno de anotações com referências visuais. Criar do zero, imaginando o que se quer e fazendo em vez de comprar feito. Na oficina Scrapbook de Artista, Rosa Prado explorou a imaginação e estimulou habilidades artesanais das/os participantes para ciar um scrapbook que proporciona uma experiência mais dinâmica e visual. Um caderno de recortes que pode ser suporte tanto de pesquisas práticas como de criação de um produto visual. A ideia foi criar esse objeto autoral e fora da lógica mais comercial dos scrapbooks tradicionais.

“Foi bem legal e os resultados me surpreenderam. Cada um conseguiu criar o seu projeto autoral, mesmo saindo de um formato padrão que eu sugeri. E a ideia da oficina era essa mesmo: criar esse espaço de experiência de mostrar as possibilidades do scrapbook, que é de abrir outros caminhos, de criar outras coisas a partir desse formato”, conta a artista.

Rosa Prado procura trabalhar, dentre outras materialidades, o texto e o papel. Cria cadernos, explora histórias, memórias, e transforma isso em processos e produtos artísticos. Você já experimentou criar seu próprio instrumento de trabalho? Se interessa pela papelaria manual e perdeu nossa oficina com a Rosa? Fica triste não que na @sketch.and.co você encontra os diversos formatos de cadernos que ela produz, um mais incrível que o outro, além de oficinas de diversas técnicas de papelaria para você escolher aquela que mais se parece contigo. Vai lá!