A Ocupação Junta EXPANDIDO teve início nesta semana na Escola Estadual de Dança Lenir Argento, centro de Teresina, e vai durar cerca de seis meses. Na próxima semana, de 17 a 20 de maio, a programação traz a oficina  Diálogumbigança e as Danças Afro-Brasileiras, com a mestra em Educação e professora de danças afro-brasileiras, Artenilde Silva Afoxá.

O conceito diálogumbigança, segundo Artenilde Afoxá, vem da ideia da dança afro a partir do umbigo, “o umbigo como centro e lugar de nascimento, de criação, de invenção”, comenta ela. O objetivo da oficina é promover diálogos formativos com quem deseja pensar e discutir aspectos criadores e criativos que influenciam a atuação artística e educacional nos fazeres afrorreferenciados.

Artenilde Afoxá convida qualquer pessoa interessada em participar da oficina para “pensares responsáveis” sobre os lugares que a população afrodescendente cria e ocupa. Esses conceitos, de acordo com a professora, “são algo novo, que tem sido pensado e desenvolvido pela equipe da Escola Estadual de Dança Lenir Argento. Temos pensado muito sobre a ideia de meu umbigo, o umbigo do outro, como lugar que conecta. Um cordão umbilical, um lugar de passagem de alimento, que também é um lugar de responsabilidade.”

Artenilde é coordenadora da equipe de danças afro-brasileiras da Escola Lenir Argento desde 2000, e comenta que a instituição tem buscado esse pensar responsável sobre as danças afro e a maneira como seus saberes, artes e pensamentos são assimilados e/ou reproduzidos no contexto artístico e educacional.

Ao todo, seis oficinas ministradas por artistas ou grupos de artistas que atuam em Teresina serão oferecidas ao público na programação da Ocupação Junta EXPANDIDO. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas clicando aqui.

O JUNTA EXPANDIDO, na modalidade OCUPAÇÃO, é financiado pela Lei Aldir Blanc através do edital/prêmio Maria da Inglaterra, realizado pela Secretaria de Estado de Cultura do Piauí / Governo do Piauí / SIEC / Ministério do Turismo / Governo Federal, e tem apoio da Escola Estadual de Dança Lenir Argento – EEDLA. Para mais informações, acesse o site www.juntafestival.com.br ou as redes sociais do Festival.